Sitcor & Saúde >> Fisioterapia
Publicado em: 14/10/2016

Fisioterapia

Outubro Rosa

O dia do fisioterapeuta é comemorado no dia 13 de outubro em nosso país. O fisioterapeuta é aquele profissional que trata e previne as doenças e diversos tipos de lesões. Utilizando técnicas de massagens e ginásticas, trata problemas causados por acidentes, má postura, má formação. Através da aplicação de massagens, orientações e exercícios, com a finalidade de restaurar e manter a capacidade funcional e física do paciente.

Os tratamentos terapêuticos, podem sem feitos com calor, frio, na água ou com aparelhos apropriados e específicos para cada problema. Os fisioterapeutas trabalham com pessoas idosas, crianças, pessoas com deficiência e com gestantes, ajudando na recuperação de pessoas que sofreram acidentes ou que possuam algum tipo de distúrbio cardíaco, respiratório ou neurológico.

Este profissional pode atuar em vários locais, como consultórios, academias, hospitais, asilos, etc. Normalmente possui conhecimentos nas áreas de cardiologia, pediatria, reumatologia, etc. Trabalha na prevenção e no tratamento das disfunções e funcionalidades do corpo humano, mostrando os benefícios que o movimento corporal pode ter no organismo.

A população tem envelhecido bastante nos últimos tempos, portanto a demanda por fisioterapeutas também deve crescer nos próximos anos, principalmente nas áreas de alívio das dores crônicas e na reabilitação dos movimentos. Os terapeutas poderão desenvolver seus trabalhos em várias especialidades como a saúde da família, na área desportiva, na da reabilitação cardiovascular, na oncologia, além das áreas tradicionais como a respiratória, neurológica e ortopédica.

O nosso corpo no dia a dia sofre algumas pressões musculares que com o tempo podem se transformar em lesões, temos também alguns vícios de postura, que com o tempo podem incomodar e até causar dores. Quando temos algum tipo de lesão, ou algum problema muscular, normalmente o médico indica seções de fisioterapia direcionadas ao problema, com o acompanhamento de um fisioterapeuta, os exercícios irão complementar os medicamentos e ajudar em uma recuperação mais rápida.

Podemos prevenir as doenças ocupacionais e as lesões, com exercícios físicos e massagens aplicadas pelo fisioterapeuta, assim como recuperar os movimentos dos músculos lesionados.

Antes de iniciar as seções de fisioterapia, o fisioterapeuta precisa conhecer um pouco do histórico do paciente. Na entrevista realiza um diagnóstico fisioterapêutico, onde analisa os exames e os laudos médicos para que possa avaliar e identificar as lesões, verifica se o paciente sente dor e tem dificuldades de movimentação e locomoção. Para manter o tratamento, precisa de saber os hábitos pessoais, o histórico familiar de doenças, as dores mais frequentes, etc.

O ideal é manter uma ficha pessoal do paciente para poder acompanhar a evolução do tratamento de cada um.

A partir desta análise, poderá ter uma visão mais ampla do problema, podendo verificar qual o tratamento mais indicado a ser realizado. Cada paciente tem uma condição única, por este motivo, o tipo de tratamento varia de acordo com a lesão a ser tratada e com as condições do paciente.

O tratamento poderá ser através de exercícios físicos, exercícios na água (piscina), tratamentos à base de frio e calor, massagens, aparelhos específicos.

Normalmente o começo do tratamento é feito com a ajuda do fisioterapeuta que orienta e coordena os movimentos junto com o paciente. O fisioterapeuta acompanha os exercícios, passo a passo, verificando se os movimentos estão se reestabelecendo. Posteriormente o paciente poderá fazer os exercícios em casa sozinho, baseado no que o fisioterapeuta orientou, dentro da frequência e com os movimentos corretos e a força necessária para cada exercício.

Obviamente que o fisioterapeuta deverá acompanhar o tratamento do paciente com regularidade, avaliando e identificando se houve melhora em seu estado de saúde, nos movimentos a serem tratados, se é necessário reajustar o tratamento.

Podemos utilizar a fisioterapia preventiva com o objetivo de evitar lesões por esforço repetitivo (ex. tendinites), diminuir os sintomas das doenças articulares (ex. artrite) e diminuir a tensão muscular (ex. estresse), com relaxamento muscular, exercícios respiratórios, alongamento corporal.

Para que se defina o tipo de tratamento ou exercício é o mais indicado, o fisioterapeuta precisa conhecer os hábitos do paciente, com relação ao tipo de esporte que pratica, como é o trabalho, como é a postura. Assim poderá aplicar exercícios para corrigir a postura relaxar os músculos e até exercícios respiratórios para aliviar a tensão e ansiedade.

As empresas preocupadas com a saúde de seus funcionários, procuram planejar junto com os fisioterapeutas, exercícios coletivos, elaboram ginástica laboral, realizam palestras e treinamentos sobre postura com o objetivo de prevenir doenças. O fisioterapeuta precisa conhecer as atividades de cada trabalhador para orientá-lo sobre a postura correta em suas tarefas. Pode propor adaptações no ambiente de trabalho para que fique mais adequado. A fisioterapia do trabalho procura prevenir e manter a saúde do trabalhador.

O fisioterapeuta que cuida dos atletas, chamado fisioterapeuta desportista, faz avaliações funcionais periódicas dos atletas verificando seu condicionamento físico. Realiza tratamento preventivo de acordo com a atividade física, além de atuar também no tratamento de lesões ou outros traumas físicos. Nos clubes ou academias em que atua, pode trabalhar com atletas individuais ou equipes em competições esportivas. O fisioterapeuta é muito importante para avaliar e tratar as lesões dos atletas antes das competições, para que o tratamento preventivo ajude no desempenho do atleta, evitando traumas mais intensos durante as competições e também em sua recuperação após as competições.

Os fisioterapeutas têm um papel importante nas indústrias e fábricas de equipamentos utilizados em clínicas e hospitais na recuperação de pacientes. Além de desenvolver novos equipamentos, também pode avaliar e testar os produtos já existentes, com o objetivo de melhorar cada vez mais a utilização destes equipamentos.

Existem pacientes que sofreram paralisia cerebral ou tiveram algum distúrbio neurológico e por este motivo, perderam os seus movimentos corporais básicos, como andar, mexer os braços, etc. Nestes casos também a fisioterapia é importante para a recuperação dos pacientes. Assim como os pacientes que sofrem problemas cardiorrespiratórios. Os fisioterapeutas, ajudam a prevenir e tratar estas doenças, ajudando na qualidade de vida dos pacientes nestas condições, acompanhando inclusive nos períodos operatórios pré e pós.

Traumas, luxações, fraturas, lesões, dores, falta de movimento, postura, orientar exercícios, enfim, o fisioterapeuta pode ajudar em tantas ocasiões, com o objetivo de aliviar as dores, recuperar os movimentos, prevenir doenças, etc.

Os profissionais se dedicam a recuperar e reabilitar fisicamente as pessoas, ajudando a manter os corpos mais saudáveis. Fazem da superação das dores um novo recomeço, uma recompensa para uma vida melhor.

A estes profissionais que encorajam tantos os seus pacientes, parabéns pelo seu dia. Que eles também sejam encorajados e continuem a ser pacientes.

Grupo SITCOR - Cuidando de você e da sua família